Portuguese English French German Italian Spanish
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Fórum Parlamentar Luso-Espanhol inscreve vários projetos para o Alto Alentejo nas suas conclusões

 
O distrito de Portalegre viu vários projectos serem inscritos nas conclusões do "VIII Fórum Parlamentar Luso-Espanhol", que decorreu no passado domingo e segunda-feira, dias 13 e 14 de Setembro, na Assembleia da Republica, em Lisboa. As delegações parlamentares de ambos os países foram lideradas pelos presidentes dos respectivos parlamentos, Eduardo Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República de Portugal e Meritxell Batet, presidente do Congresso dos Deputados de Espanha.
 
O deputado do Partido Socialista (PS), Luís Moreira Testa, eleito pelo distrito de Portalegre, participou no Fórum Parlamentar Luso-Espanhol, fazendo parte do painel sobre as Relações Transfronteiriças e Infraestruturas, no qual assumiu a responsabilidade de integrar a equipa de redação das conclusões.
 
"A ambição está bem patente nas conclusões da reunião dos deputados ibéricos", sublinhou o deputado socialista, que destaca a construção da Ponte Internacional sobre o Rio Sever entre Nisa e Cedillo e o desenvolvimento da ligação por Campo Maior à fronteira do Retiro e à Plataforma Logística Elvas-Badajoz entre os planos previstos no documento final do encontro.
 
A promoção desta plataforma logística, a aposta no projecto inovador de mobilidade ferroviária a hidrogénio no Ramal de Cáceres e na Linha do Leste, a implantação da linha de alta prestação Lisboa - Sines - Poceirão - Évora - Elvas - Badajoz - Cáceres - Madrid, bem como um Centro Ibérico de Energia Renovável com a participação do Politécnico de Portalegre, são outros planos também inscritos nas conclusões deste Fórum.
 
"A entrada destes projectos na agenda dos dois países é mais um passo na promoção da centralidade do Distrito de Portalegre no contexto da Península Ibérica", defendeu Luís Moreira Testa, Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do Partido Socialista.

CAMPO MAIOR: Adega Mayor recebe concerto da “Rua das Pretas”

 
A Adega Mayor despede-se do verão com um convite para abrir os sentidos às melodias que unem Portugal e o Brasil, num concerto imperdível do colectivo da "Rua das Pretas", acompanhado pelos sabores inconfundíveis dos vinhos Mayores e das tapas alentejanas.  

Boa música, bom vinho e boa conversa são o ponto de partida para a tertúlia musical de Pierre Aderne, fundador da "Rua das Pretas", projecto que tem marcado a agenda dos sábados à noite no número 18 do Príncipe Real e que ruma agora numa viagem ao Alentejo, com paragem obrigatória em Campo Maior.

Na próxima sexta-feira, dia 25 de Setembro às 21 horas, a Adega Mayor convida a abrir os sentidos à música num concerto único ao ar livre e tendo como pano de fundo as vastas planícies alentejanas de Campo Maior. O bilhete para o concerto tem o valor de 30 euros e é acompanhado por 2 copos de vinhos Mayores e tapas e pode ser adquirido através do e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .
 
"A associação da Adega Mayor às artes é algo que está no ADN da marca desde o seu primeiro dia. E com a música, não poderia ser diferente", sublinha Rita Nabeiro, directora-geral da Adega Mayor. "Este evento vem reforçar a nossa identidade, unindo a arte do vinho à arte da música. Ao promovermos a cultura, proporcionamos a todos os nossos clientes, momentos e experiências memoráveis que estarão para sempre ligados à memória daquilo que é a Adega Mayor".

O concerto decorrerá no terraço da Adega, cumprindo todas as normas de segurança e saúde pública, conforme as directrizes da Direcção-Geral de Saúde.

ELVAS: Câmara Municipal recomenda abertura dos estabelecimentos comerciais às 10 horas

 
A Câmara Municipal de Elvas tornou público ao final da tarde desta quinta-feira, dia 17 de Setembro, um despacho assinado pelo presidente da autarquia, Nuno Mocinha, onde determina que os estabelecimentos que comerciais no concelho "podem abrir às 9.00 horas, sendo contudo desejável e recomendável que abram às 10 horas".
 
Esta decisão tem em consideração o "número ínfimo de casos activos de Covid-19" no concelho, tendo a proposta apresentada pela autarquia "obtido parecer favorável da autoridade local de saúde e das forças de segurança", refere o despacho.

De recordar que este documento vem ao abrigo da Resolução do Conselho de Ministros 70-A/2020, de 11 de Setembro, que declara a situação de contingência, no âmbito da pandemia da doença Covid-19.
 
Consulte aqui o despacho da autarquia elvense.
Faixa publicitária
Faixa publicitária

ELVAS.com.pt O Portal da Cidade
´